Arquivos do Blog

Sling é fácil de usar?

postslingfacil1Eu costumo dizer que existem pessoas que nasceram sabendo usar o sling. É sério! Elas chegam aqui com seus bebês, pegam o sling e parece mágica! Saem usando sem eu nem explicar nada.

Infelizmente eu não fui uma dessas pessoas. Meu sling chegou, eu estava ansiosíssima! Peguei o dito e fui tentar usar. Fracasso total! Não conseguia ajustar na argola, o Gabriel chorava… encostei. Não podia nem ver que me dava uma tristeza no coração.
Até o dia que precisei sair sozinha com o Biel, de ônibus. Com o sling na mão pensei: se um monte de gente consegue por aí, por que não eu? (Se você tem mais de 25 anos lembrou de uma música hein?)

E consegui usar! Andei de ônibus com o Biel e a mala cheia de coisas (que a gente nem usa, mas vai que precisa daquele aspirador nasal quando o bebê nem está gripado) todos me olhando porque eu ainda era meio desajeitada com a coisa toda.
A partir desse dia eu comecei a usar o sling sempre que saía ou que queria acalmar o pequeno. E eu usei até 2 anos e alguns meses quando engravidei da Lais (que usa sling desde que nasceu).

Se o sling for bem feito, com as argolas e tecido adequados e tiver um manual de instruções (e você prestar atenção nas instruções né? 😉 ) é totalmente possível aprender a usar o sling corretamente. Tudo tem uma maneira correta de se fazer e com o sling não seria diferente!

postslingfacil2O meu veio sem manual, pesquisando descobri que a argola era em um diâmetro um pouco menor do que deveria para o tecido que era meio grosso. Encontrei vários vídeos e artigos na internet, a grande maioria de fora do Brasil, e várias pessoas que ja usavam o sling me deram dicas preciosas. Se você tem alguma amiga que usa o ideal é pedir ajuda para ela.

Mudamos de cidade e em todo lugar que eu andava com o Biel no sling me perguntavam onde eu tinha comprado, se eu fazia. Foi assim que comecei a produzir os slings. Antes de começar a produzir pensei em todas as dúvidas que me impediam de sair com o bebê dentro do sling para desenvolver o manual. São pequenos detalhes mas que tem muita importância como: deixar as bordas do tecido sempre espalhadas na argola (no sling de argola), deixar o sling numa altura confortável (em todos os slings), deixar o bebê na posição fisiológica (em todos os slings), que no final das contas definem se a pessoa vai conseguir usar ou não.

Não desista, depois que a gente aprende, se apaixona e não larga mais!

Se tiver alguma dica, experiencia pra compartilhar sobre o seu uso do sling, conta pra gente?

BjoS!

Anúncios

Posições no Wrap Sling

Wrap sling é um carregador de bebê confeccionado em tecido longo, no qual o cuidador car
rega o bebê junto ao seu corpo. Os benefícios do uso deste tipo de carregador de bebê são inúmeros. Associa-se ao uso do wrap sling a redução dos períodos de cólicas, prolongamento do sono e até diminuição dos episódios de choro dos bebês. Os bebês podem ser carregados em wrap slings desde o nascimento, não havendo limite de idade para ser slingado. É o modelo de sling utilizado no pelo método mãe-canguru com bebês prematuros.

O ideal é que se observe sempre se o sling é de qualidade e se não está com suas fibras danificadas.
É um modelo de carregador muito versátil, permitindo que o bebê seja carregado em diferentes posições, em geral nas mesmas posições em que é carregado no colo.
BARRIGA COM BARRIGA: É a posição fisiológica do bebê. Sua coluna e suas perninhas permanecem na posição uterina. Por ser carregado na vertical, é uma posição que favorece a digestão, sendo recomendado para bebês com refluxo. Nesta posição os bebês podem ser carregados desde o nascimento até enquanto o cuidador conseguir carregar (sempre observando o estado de conservação do tecido).
SENTADO DE LADO: esta posição é recomendada para bebês que já sustentam a cabeça e mantém o controlo do pescoço. É de fácil amarração e mantém o bebê integrado às atividades do adulto, favorecendo seu desenvolvimento.
NAS COSTAS: essa posição pode ser usada desde que o adulto tenha segurança em carregar dessa forma. É uma posição segura e favorece a autonomia do adulto, possibilitando que ele realize diversas atividades enquanto carrega o bebê jnto ao corpo. Assim como a posição anterior, mantém o bebê integrado às suas atividades.

DEITADO: Nesta posição, o bebê fica deitado no pano, como se estivesse sendo ninado no colo do adulto. É uma boa posição para amamentar os bebês.

Todo bebê pode ser carregado em um wrap sling. Como comentado acima, ele é muito versátil e permite que o bebê seja carregado no pano da mesma maneira que é carregado no colo.